16 maio 2012

Mãe Dináh prevê que bancada ruralista será punida nas profundezas


Chico Dega

Após a aprovação do Código Florestal versão “desmatem à vontade” na Câmara, a bancada ruralista não perdeu tempo; ela não mediu esforços para adiar a votação da PEC 438, conhecida como PEC do trabalho escravo, instrumento que vai ajudar no combate a este tipo de trabalho que já devia estar mais do que abolido. As desculpas não podiam ser mais esfarrapadas: a definição do que é escravidão não está clara e alguns itens precisam ser revistos e redigidos. Daqui a pouco vão pedir pra mudar a fonte, porque a letra não está de agrado.
Observando a impunidade com que a bancada ruralista arruina o país de acordo com seus interesses, só uma pergunta me vem à mente: quando essa galera vai ser punida? Curioso para saber a resposta, entrevistei telepaticamente a vidente Mãe Dináh. Quer saber a resposta também? Só ler a entrevista abaixo:

- Oi Mãe Dináh, aqui é...

- Oi Chico, tudo bem?

- Tudo...a senhora é boa mesmo hein? Enfim, te contatei telepaticamente para saber se a bancada ruralista vai se estripar algum dia. A senhora pode dizer?

- Claro que posso Chico! Infelizmente, a bancada não será punida na vida terrena, mas espíritos lá de baixo me disseram que estão preparando um castigo show de bola pra esse pessoal.

- “Lá de baixo?” Tipo, o inferno?

- É conhecido por muitos nomes, mas você pode chamar assim se quiser.

- E como é lá? Tem fogo pra tudo que é lado e diabinhos com tridentes mesmo?

- Costumava ser assim até pouco tempo, mas a galera lá de baixo começou a ver que o Congresso brasileiro era muito mais infernal, então resolveram copiar o nosso modelo de pesadelo para lá.

- Então...qual vai ser a punição da bancada?

- É bem simples na verdade. A bancada terá que aprovar lá em baixo uma PEI para que a alma dos deputados seja purificada.

- PEI?

- Sim. Proposta de Emenda Infernal. Eles vão precisar ter um quórum mínimo de 666 votantes do além, sendo que a maioria destes é composta pela bancada infernal, que geralmente não comparece às votações que não lhe interessa e, quando vota, reclama de cada vírgula da PEI, que deve ser revisada e encaminhada para votação novamente. E os deputados não saíram de lá até conseguirem votar. Ou seja, vão ficar lá pra sempre.

- Esse método é bem parecido com o da bancada ruralista hoje em dia...

- Eu disse que eles copiaram o modelo, não disse?

- Eu só tenho uma dúvida com isso tudo. Não existe chance da bancada ruralista acabar se tornando parte da bancada infernal?

- Por favor, né, Chico, que absurdo! Eles só são espíritos que habitam as profundezas e causam sofrimento eterno, não chegam nem perto do nível de maldade da bancada ruralista.

- Ufa, bom saber... Obrigado pela entrevista Mãe Dináh!

- De nada, meu filho.

- Já ia esquecendo... alguma chance da senhora me falar os números da Mega-Sena?

- Tu...tu...tu...tu...tu...

- Droga.


Postado no blog Brasil de Fato em 16/05/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...