17 outubro 2012

Chia em grão, farinha e óleo





Por Diane Neubüser


A chia é, comprovadamente, um alimento rico em benefícios para nosso organismo. Apesar de associado à perda de peso, ele pode ser usado como complemento alimentar por qualquer pessoa. A nutricionista Vanderli Marchiori, vice-presidente da Associação Paulista de Fitoterapia, explica as principais ações de cada uma de suas formas de apresentação e indica qual é a mais apropriada para ajudar no emagrecimento.


 
Farinha de Chia

O produto é originário da moagem do grão de chia já desengordurado. Além de apresentar todos os benefícios da chia em grão, a farinha contém uma quantidade maior de fibras e proteínas, o que contribui ainda mais para o aumento da saciedade e, consequentemente, para o emagrecimento. O produto também garante o bom funcionamento do intestino e aumenta a resposta muscular após o exercício físico.


Indicado para pessoas em dieta para perda de peso, indivíduos com histórico de constipação intestinal e adeptos da prática de exercícios físicos.


Óleo de Chia
 
O óleo é rico em ômega 3, uma gordura importante para o organismo que não é produzida pelo corpo humano. Esse elemento tem um papel essencial nos sistemas nervoso e cardiovascular. Além disso, cumpre uma função importante na capacidade de aprendizado do indivíduo, beneficiando a atenção e a memória.


Indicado para pessoas com histórico de doenças cardiovasculares, colesterol, pressão alta, obesidade e diabetes.







Grão de Chia

O grão também dispõe de uma grande quantidade de ômega 3, além de proteínas, fibras e antioxidantes – que ajudam no combate do envelhecimento da pele. Além disso, possui ação anti-inflamatória e grande capacidade de absorção de glicose, ideal para a prevenção do diabetes e o controle da insulina. Após a ingestão, em contato com a água, o grão aumenta e ganha a consistência de gel, promovendo maior saciedade.

Chia, o grão pró-saúde

Indicado para pessoas em reeducação alimentar, adeptos da alimentação saudável, pacientes com histórico de problemas cardiovasculares na família, diabéticos, celíacos, indivíduos com interesse em perder peso, histórico de intestino preguiçoso etc.


Postado no blog Uma Mulher em 15/10/2012

Imagens inseridas por mim




Nota


Cultivado desde 2600 A.C., o grão de chia era consumido por maias e astecas para turbinar a resistência física.





Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"