04 maio 2013

Lobão e Pastor Marco Feliciano: Casos de Psiquiatria







Os mestrandos e doutorandos de Psiquiatria têm dois bons casos para suas teses. O tal pastor deputado Feliciano e o pseudocantor e compositor Lobão, que pensa que é a última pelanca do cirurgião plástico. 


Com toda certeza, são dementes, psicóticos e sociopatas perigosos. Um bom psiquiatra poderia fazer o correto diagnóstico e, o mais importante, indicar o tratamento. 

O tal pastor Feliciano vai propor a “cura gay”. Ele quer derrubar a determinação do Conselho Federal de Psicologia (CFP) contra tratamentos pela cura da homossexualidade. 

O pseudocantor Lobão escreveu um livro em que chama a presidenta Dilma de “torturadora”, em capítulo cujo título é "Vamos Assassinar a Presidenta da República?". 

São ou não duas pessoas com sérios transtornos mentais? Além de dementes, são ignorantes, escória. 

Esse tal pastor Feliciano nunca ouviu falar em orientação sexual? Não entra na cabeça dele que cada ser humano tem o direito de escolher ser ou não homossexual? Esse deputado Feliciano é louco, jamais deveria estar no Congresso e muito menos ser presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDH) da Câmara dos Deputados, isso é uma vergonha para o Congresso e para o Brasil. 

Quanto ao Lobão, é possível que o exagero de drogas tenha detonado os poucos neurônios do imbecil.

Jussara Seixas [Editora do Terra Brasilis - São Paulo]

Postado no blog Terra Brasilis em 01/05/2013


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...