01 junho 2013

A força da esperança



Maria Cristina Tanajura

Embora estejamos mergulhados numa atmosfera sombria e cheia de acontecimentos tristes, cheguei à compreensão de que nós que acreditamos na vitória da Luz e do Amor, não devemos nos envolver demasiadamente com todo este aparente caos.

Se ficarmos pensando nesses fatos dolorosos que são constantemente noticiados pela mídia, sem percebermos, iremos nos intoxicando com o medo e nos afastando da Fonte que é de onde emana toda a Paz que precisamos para sermos felizes, apesar dos acontecimentos.

O nosso pensamento é poderoso e através dele podemos auxiliar a instalação da Nova Era que está chegando ao nosso planeta. 

É preciso que sempre busquemos uma forma positiva de olhar os acontecimentos, sejam eles quais forem. Não sugiro fiquemos alienados da realidade, mas que tenhamos sempre a convicção de que o que vemos não é exatamente tudo o que está ocorrendo. Há muito benefício, fruto do mau acontecimento, mesmo que não o vislumbremos no momento.

Para muitos de nós, o sofrimento ainda é necessário como um alerta, como um sinal bem forte de que a mudança em nossas vidas é imprescindível.

Vivemos num mundo em que convivemos com irmãos muito diferentes em capacidade de compreender e acreditar na existência de Deus, de uma ordem cósmica superior.

Se nos detemos pensando e falando sobre fatos desastrosos, estamos colaborando com as forças da involução que desejam o aumento e fortalecimento das sombras e do medo em todos nós.

Se, ao contrário, conseguirmos lembrar o exemplo do Cristo, o qual, embora envolto nas trevas terrenas, conseguiu semear sempre a luz da esperança e do Amor, reagiremos de outra maneira, elevando o pensamento até o Amor Maior e recordando que nada acontece por acaso, mas de acordo com a vontade de Deus.

Para ajudarmos realmente, precisamos nos manter firmes, fazendo crescer a nossa fé no Bem e vivendo a exemplificar isto, todo o tempo. Conscientes dos nossos pensamentos e sentimentos, buscando agir de forma amorosa e perdoando aqueles que não têm esta visão da vida, mas que um dia a terão. Isto também é meditação.

Nascemos e vivemos para sermos felizes! Não para sofrermos, envoltos em lágrimas e queixas, em tristeza.

Cabe a cada um de nós construirmos seu próprio mundo, alicerçado na fé na vitória do Bem que nos criou, que está em nós e em todos, apenas esperando para ser reconhecido.

Muitas crenças religiosas, de certa forma, cultivaram ao longo de toda a história o sofrimento, como se este fosse inerente ao viver. Penso que hoje já podemos compreender que temos a condição de transformar isto, através da vivência do Amor e do Perdão, aplainando os caminhos e não criando mais obstáculos.

Quantos exemplos de superação já conhecemos! Irmãos nossos que, apesar de todas as dificuldades, conseguiram caminhar de forma produtiva e na paz?

Cabe a cada um cuidar de seu mundo interior, não acasalando fatos tristes e evitando ir propagando a desesperança e o negativismo, pois se assim fazemos, viveremos nesta atmosfera, além de estarmos potencializando o mal que teima em se apropriar de nossa casa planetária e de nossas mentes.

Que as alegrias se multipliquem. Que o Amor se propague. Que o perdão nos liberte definitivamente do passado que não deu certo. Que a Paz finalmente reine em nosso mundo interior, para que vá se propagando, envolvendo toda a família humana, como a luz do sol que não escolhe onde brilhar!

Postado no site Somos Todos Um




Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"