08 outubro 2013

Sabedoria árabe versus a neurose americana



Um velho árabe vivia em Idaho, EUA, há mais de 40 anos. 

Desejava plantar batatas em seu imenso jardim, porém, arar a terra era um trabalho muito pesado para ele, já de idade avançada.

Seu único filho, Ahmed, estava fazendo uma pós-graduação universitária na França.

Então o ancião decidiu mandar a ele um e-mail, explicando o problema.

- Querido Ahmed: 
Me sinto mal, porque não poderei plantar minhas batatas este ano. Estou muito velho para arar as parcelas de terras necessárias. Se você estivesse aqui sei que revolverias a terra por mim.
Que Alá esteja contigo! Te amo muito, teu papai.

No dia seguinte recebeu uma resposta por e-mail de seu filho.

- Querido Papai:
Por tudo que mais queres, não revolvas a terra do jardim. Aí é onde tenho escondido "aquilo".
Te amo, Ahmed.

Lá pelas 4 horas da madrugada daquele dia, apareceu o xerife com a polícia local, agentes do FBI, da CIA e ainda representantes do Pentágono (que haviam interceptado as mensagens).

Esburacaram toda a terra do jardim. Buscavam materiais para construir bombas, Antrax, armas químicas, tudo o mais que fosse.

Entretanto, como não encontraram nada, se foram embora. Nesse mesmo dia o ancião recebeu outro e-mail de seu filho.

- Querido Papai:
Seguramente a terra do jardim já está revolvida e arada e poderás plantar tuas batatas. Foi o melhor que pude fazer daqui de onde estou...
Te amo muito, teu filho Ahmed.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...