11 dezembro 2013

Encontre o seu gênio da lâmpada



Sigmar Sabin

Imagine, você caminhando num lugar deserto, uma praia por exemplo. Você caminha absorto em seus pensamentos, sobre sua vida neste momento.

O que você estaria pensando? Num grande projeto pessoal, que gostaria de iniciar? Num problema pessoal ou profissional que está lhe tirando o sono? Remoendo a mágoa do ultimo acontecimento, que deixou você extremamente chateado?

Bem isso não importa.

Acontece que ao andar distraído com o caminho e por que se encontrava profundamente mergulhado em si mesmo, não prestou atenção numa peça que brilhou logo ali na sua frente. Continuou seguindo passo a passo até tropeçar em algo.

Observa atentamente e curiosamente o objeto e percebe que se trata duma lamparina, destas de contos e fábulas de mil e uma noites.

Hum... Será que hoje é o seu grande dia de sorte, ou só sua imaginação?

Não tem outra maneira de saber! É pegar o objeto, a tal lâmpada e ver que nela está impresso uma frase: “Ao me esfregar, lhe concederei hoje e somente hoje, três pedidos bons e três pedidos maus”.

Logo abaixo em letras minúsculas uma advertência: “você não poderá repetir nenhum desejo, muito menos abrir mão de algum deles. Mas terá que assumir as consequências das escolhas”.

Pronto! Era só que faltava. Brincadeira de gênio da lâmpada.


Agora você tem a Lâmpada e seus desejos na mão. É só pedir.

Bom, imagino que a primeira etapa fazer pedidos bons, não é nada difícil. Dinheiro, saúde, bons companheiros, um bom emprego (Hum... Com um gênio atendendo qualquer pedido, será que ainda pediria um bom emprego?), viagens para qualquer canto exótico do planeta. Uns quilinhos a menos ou a mais. Mais beleza, quem sabe alguns anos a menos ou a mais dependendo da sua idade. Uma casa de campo, na praia, na montanha, carro do ano, enfim... A extensão dos desejos será interminável.

Mesmo que a concessão seja de apenas três pedidos bons, a lista seria imensa. Até difícil de escolher.

Bem antes da resposta do gênio, vamos para a segunda etapa. Os pedidos maus!

Ah, eu não acredito que um verdadeiro gênio da lâmpada proporia uma condição dessas. Mas enfim este aqui propôs. E agora?

Talvez, aquela pessoa desafeta, sumir da face da terra (risos). Ah, cuidado com o que você pedir. Pois será atendido e você terá que assumir as consequências de seus pedidos.

Bom, eu acredito que ninguém tenha uma índole tão ruim, que queira fazer pedidos de maldade. Nem um gênio da lâmpada se existisse, proporia uma condição assim. Não é mesmo?

Mas voltando a questão do Gênio, eu imagino que condições ele impõem para cada pedido que lhe fazem.

Quer ver?

Você pede: Quero ficar rico. Ter independência financeira. Ele dirá: Poupe suas rendas. Gaste com parcimônia e planeje exatamente o que, quanto e até quando você quer. E não deixe de ajudar alguém a conseguir isso também.

Se pedir: Quer perder alguns quilinhos. Ele dirá. Ok seu pedido será atendido, desde que você reeduque sua alimentação e comece a fazer exercícios físicos, para queimar as calorias excedentes.

Quando o pedido for um emprego melhor. Com certeza a resposta seria: Aperfeiçoe seu currículo. Adquira competências que façam a verdadeira diferença nas organizações para quem você for trabalha. Nunca pare de estudar e se autodesenvolver.

Mais um pedido: Gostaria de encontrar minha verdadeira cara-metade. Imagine a resposta. Seja você a cara-metade para alguém com as qualidades que você espera encontrar no outro.

Assustei você?

Bem. Com toda certeza você já deve ter pensado que para receber esse tipo de resposta não necessita de gênio de lâmpada algum.

Eu concordo! Somos nós nossos próprios gênios que podemos nos conceder a realização de nossos desejos.

Talvez só mudando alguma estratégia em nossa vida!

Pense nisso...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...