15 maio 2014

Não vai ter Copa na Idiotolândia



Carlos Motta

Os idiotas estão convencidos de que todas as mazelas de seu país têm como causa a realização do maior evento esportivo do mundo.


Por isso, na Idiotolândia não vai ter Copa.

E não adianta explicar aos idiotas que não há relação de causa-efeito entre falta de hospitais, de escolas, de moradias ou de transporte urbano e a Copa.

Os habitantes da Idiotolândia ignoram a lógica ou a razão.

Como são idiotas, agem como idiotas, fazem coisas sem nenhum sentido, não se importam de, com seus atos, prejudicarem milhões de pessoas que não vivem na Idiotolândia.

Caminham, pateticamente, entoando slogans dos quais desconhecem o sentido, carregando faixas e cartazes com frases ininteligíveis e empunhando bandeiras com símbolos indecifráveis.

Pretendem ser os porta-vozes dos oprimidos e a vanguarda da revolução que libertará os miseráveis de sua vil condição.

Mas são apenas idiotas. Bois de piranha, bucha de canhão, inocentes úteis.

Enquanto agem como idiotas, se expondo fisicamente em protestos cenográficos, incitando conflitos com forças repressoras ou cidadãos comuns que querem apenas trabalhar, estudar, passear, viver a sua vida, os poderosos da Espertolândia se cumprimentam pelo êxito de seus planos para sabotar esse país chamado Brasil em que se infiltraram para saquear riquezas, explorar a mão de obra, se locupletar em sinecuras, desafiar leis e, principalmente, como gostam de dizer, "levar vantagem em tudo".

A Idiotolândia não existiria sem a Espertolândia.

E, incrível, a Espertolândia, que arma, financia, organiza e monitora os idiotas que bradam nas ruas que não vai ter Copa, está muito satisfeita com o lucro que teve, está tendo e terá ainda por um bom tempo com o evento esportivo.

O mundo é dos espertos, mas não seria se não fossem os idiotas.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"