11 julho 2014

O fantástico legado da Copa !



Carlos Motta

Depois do criminoso esforço da imprensa para desacreditar a Copa do Mundo, numa ridícula politização do maior evento esportivo do planeta, vê-se agora a tentativa de provar, por "a" mais "b" que, apesar do fantástico mês que brasileiros e turistas passaram, a competição deixará um legado insignificante para o Brasil.

O site em português da BBC, por exemplo, publica uma reportagem para provar que, economicamente, a Copa foi um fiasco para o país.

Para provar a tese, relata que nem todos os setores da economia se deram bem no mês do evento - algo tão óbvio quanto dizer que a vaca dá leite...

Também entrevista "especialistas", como pessoal da notória empresa de consultoria Tendências, cujo dono é o ex-ministro da Fazenda Mailson "80% de inflação ao mês" da Nóbrega.

É preciso falar mais?

O desastre que foi a atuação da seleção contra a Alemanha também tem sido explorado negativamente - e não poderia ser de outra forma.

Mas, pelo menos nesse aspecto, há o fato positivo de que muitas matérias, artigos e comentários são no sentido de que a goleada deve servir para que se faça uma faxina no futebol brasileiro.

E essa discussão é excelente.

Quanto à outra, do legado da Copa, por mais que os inimigos do governo trabalhista tentem, vai ser muito difícil reduzir a sua importância.

De cara, o Brasil ganhou 12 novos estádios que não deverão ser apenas usados em dias de jogos de futebol, mas que passarão a fazer parte do cotidiano da população das 12 cidades-sede.

Fora isso, há os aeroportos e portos, ampliados e modernizados, além de inúmeros obras para facilitar o transporte urbano de massa e outras de infraestrutura urbana.

Mas, talvez, a maior herança que a Copa deixou seja mesmo a fantástica exposição do Brasil em todo o mundo.

Nunca, na nossa história, o povo brasileiro e sua cultura foram tão fotografados, filmados, gravados, publicados, revelados, enfim, para tantas pessoas e tantos países.

Uma boa parte do Brasil se desnudou aos olhos do estrangeiro.

Poucos dos milhares de turistas que vieram assistir aos jogos da Copa saíram daqui desgostosos com o que viram e viveram.

Muitos deverão voltar.

Certamente a maioria vai contar a amigos e familiares a experiência pela qual passou.

As milhares de matérias feitas no Brasil pela imprensa internacional foram, na quase totalidade, favoráveis ao país.

Dá para dizer que a Copa, nesse sentido, foi um marco, um divisor: depois dela, o Brasil nunca mais será visto como apenas a terra do futebol, do Carnaval, das mulheres bonitas e semidespidas e das praias.

Será visto, isso sim, como uma jovem nação de um povo acolhedor e persistente, capaz de superar obstáculos e de construir, a partir de sonhos, a sua realidade.

E se a Copa foi tudo isso, imagine a Olimpíada!


Postado no blog Crônicas do Motta em 11/07/2014





capa do post












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...