08 setembro 2014

Marina e Aécio, perdidos no mundo digital




Carlos Motta

Marina Silva tenta montar um partido político chamado Rede, mas não sabe como funcionam as redes sociais.

Aécio Neves diz que quer "conversar" com os brasileiros, mas não aceita críticas ao seu comportamento pessoal e político.

Marina choraminga: afirma que está sendo perseguida pelos seus adversários, na imprensa e internet.

Aécio vai além: ameaça processar mais de seis dezenas de blogueiros e tuiteiros que não querem conversa com ele.

Marina e Aécio reclamam de barriga cheia, todos sabem.

Se há pessoas que têm motivos de sobra para se queixar do tratamento que a mídia em geral lhes reserva são Lula, Dilma e os parlamentares e partidários do PT, criminalizados sem trégua há anos.

Marina e Aécio, cada um a seu modo, são os queridinhos dessa mídia que trabalha incessantemente para apear os trabalhistas do poder.

Aécio, informam várias fontes, montou um férreo esquema de proteção midiático em Minas Gerais, castigando fortemente quem ousasse ir contra as suas ordens.

Marina, desde que deixou o PT e o governo Lula, é incensada quase como uma santa protetora das florestas e do próprio futuro da humanidade.

Uma campanha eleitoral, porém, serve para várias coisas.

Uma delas é raspar o verniz da maquiagem dos candidatos, principalmente agora que a internet se tornou um meio de comunicação de massas.

Qualquer bobagem que um dos candidatos diga, seja lá onde for, é quase imediatamente replicado nas redes sociais.

Uma mentira é desarmada em instantes.

Um boato se dissemina com a força de um furacão.

Com um simples apertar de botões milhares se tornam ativistas políticos.

A internet é uma graça e um pesadelo, ao mesmo tempo.

Pobre do político que pensa que pode domar a sua força.

Aécio e Marina pertencem a um outro mundo, habitado por outro tipo de gente, distante anos-luz da velocidade de informação proporcionada pela internet.

Estão ultrapassados.

São dinossauros tentando se mover em fibras ópticas.


Postado no blog Crônicas do Motta em 08/09/2014



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...