09 setembro 2014

O diabo tem suas manhas


Judeus sionistas. Especulador bilionário George Soros é o número 8.
 
4) Sir Evelyn de Rothschild 5) David Rockefeller 6) Nathan Warburg 
7) Henry Kissinger ex-secretário de Estado do Estados Unidos


Paulo Carneiro

Não! Não quero aqui demonizar Marina Silva, além de não condizer com a realidade de meus pensamentos, não seria honesto com os leitores, e, não seria justo para com a própria Marina. 

Afinal, o demônio não é ela, mas sim, os que estão por trás dela, se aproveitando do momento e dela própria. Mas, convenhamos, o maligno é esperto, mesmo. “A maior esperteza do diabo é fazer as pessoas acreditarem que ele não existe”.

O Capitalismo Selvagem Sionista é o demônio do mundo moderno, o inferno na terra. O Sionismo está por trás das maiores tragédias do mundo no último século, foi o responsável direto, ou indireto, por todas as guerras e atentados terroristas de estado.

Com a venda de armas, é o sionismo quem lucra, além do enriquecimento cada vez maior. É ele quem controla as fábricas e a venda de armas, tanto de forma legal, como ilegal. Através das guerras, vai dominando países ao promover a mudança de mão dos governos nacionalistas. Neste momento, o Oriente Médio, a Europa Oriental e a América do Sul, incluindo o Brasil, são seus maiores alvos.

Ainda bem, que aqui na América do Sul, a guerra bélica, ainda não chegou, mas a guerra de informações manipuladas está em pleno andamento há anos.

A corrupção é o principal instrumento nos argumentos, para derrubar governos nacionalistas, por pura falta de algo mais forte, ou mesmo, por falta de argumentos válidos. A imprensa faz o papel sujo de criar factoides e falácias, para iludir os incautos.

Tem sido assim no mundo inteiro, desde que o sionismo se instalou. No Brasil, foi o instrumento utilizado contra Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek, João Goulart, Lula, e agora, contra Dilma.

Assim como faz o Satanás, que ilude o povo, fazendo crer que ele não exista, o Capitalismo Selvagem Sionista que, desde o final do século XIX, vem dominando o mundo, é chamado de “Ordem Mundial”, da mesma forma faz-nos crer que ele não existe. Sempre ouvimos falar desta coisa, mas pouco se explica o que este monstro é, de fato.

Aqui uma pequena amostra do que é o Sionismo:

SIONISMO, UM PODER MUNDIAL.

O poder oculto: De onde nasce a impunidade de Israel”

Manuel Freytas

“A grande cumplicidade internacional com os massacres periódicos israelenses não se gesta por medo de Israel, senão por medo do que representa o Estado judeu. 

Israel é o símbolo mais emblemático, a pátria territorial do sionismo capitalista que controla o mundo sem fronteiras desde os diretórios dos bancos e corporações transnacionais.

Israel, basicamente, é a representação nacional de um poder mundial sionista que é o dono do Estado de Israel tanto como do Estado norte-americano, e do resto dos Estados com seus recursos naturais e sistemas econômico-produtivos. 

O que controla o planeta desde os Bancos Centrais, as grandes cadeias midiáticas e os arsenais nucleares militares.”


Deu para entender em quê mundo Marina Silva está metida?

Pois é, a proposta de Marina, de um Banco Central independente, não passa de um sonho de Neca [Setúbal] [Banco Itaú] e do Sionismo internacional, de se apoderar do Brasil, definitivamente.

Se depender dos esclarecidos, não passará.


Postado no seu Facebook


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"