11 outubro 2014

O que é a verdadeira liberdade?




Isha

Alguma vez na sua vida você chegou ao ponto no qual achou que já tivesse tudo, e ainda assim algo estava faltando? 

Quando eu tinha entre 20 e 30 anos, o meu sucesso externo teria sido suficiente, mas eu ainda não estava feliz. 

Os objetos que havia acumulado, o meu status e realização profissional, tudo parecia muito frágil, muito vazio, por ser o único que existia. Eu estava sedenta por algo mais, mas esse algo parecia intangível. Liberdade, amor, soavam como palavras de um cartaz hippie, e não sabia para onde ir ou como experimentá-lo. 

A percepção comum do que é a liberdade desaparece quando você experimenta a verdadeira liberdade.

Nós achamos que a liberdade é algo que nos permite fazer o que queremos e ir aonde quer que seja, mas esta definição não aborda o fato de que a pessoa que mais nos controla e nos julga, somos nós mesmos.

A verdadeira liberdade não é algo que pode ser garantida ou quitada por outros, como qualquer fã de Coração Valente sabe.

Só você tem o poder de se garantir a verdadeira liberdade. A liberdade é a autoaceitação, é se permitir ser, é deixar ir a necessidade desesperada de receber aprovação externa, o que nos leva a limitar-nos e controlar-nos, adotando regras sociais incômodas para poder nos encaixarmos.

A aprovação externa jamais será suficiente enquanto continuemos a precisar dela, e isso é assim por uma verdade muito simples: não aprovamos a nós mesmos. É por isso que tentamos obtê-la a partir de outros.

Como é que você pode preencher um vazio interno com reconhecimento externo? Como vai poder, a apreciação que você recebe de outras pessoas, compensar sua própria autocrítica? 

Substituir o amor por si mesmo com a aprovação externa é como aumentar o volume da TV para não ouvir o choro de um bebê, uma distração que nada ajuda nesta situação.

Tomar consciência disto e fazer uma guinada fundamental na percepção: uma mudança desde a condição de vítima até assumir a responsabilidade. Esta é a verdadeira responsabilidade: assumir a responsabilidade da única coisa sobre a qual eu posso ter o controle: a escolha que faço neste momento.

No que você está se focando agora? Você pode se focar no que outra pessoa está pensando de você ou se concentrar em abraçar a si mesmo. Você pode se focar naquilo que percebe como errado e que lhe falta, ou pode se focar na apreciação. É ali que realmente reside o nosso poder como seres humanos e, de fato, o único poder que sempre teremos: o poder da escolha.

Quando você percebe isso, vai ver o quão importante é o que escolhe em cada momento, porque aquilo que você escolhe para se focar é o que crescerá.

A verdadeira liberdade é ser livre da vitimização, assumir a responsabilidade pelo que você está sendo e abraçar quem você é, confiando em sua voz interior. 

Quando encontrar a verdadeira liberdade, ninguém poderá tirá-la de você, pois nunca mais dependerá das circunstâncias externas, será sua escolha que a alimentará a cada momento.


Postado no site Somos Todos Um



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...