16 novembro 2014

Sempre há uma flor ...



Ronald Pinto

Os valores não foram perdidos, o que se perdeu foi o constrangimento de se mostrar sem eles... 

Homofobia, racismo, sexismo, entre outras formas de preconceito, são hoje expostas publicamente sem o menor pudor. Sempre existiram, mas hoje se expõe! Tais como as mobilizações pedindo intervenção militar como se a violência fosse a reserva moral no combate à... violência!

Mas o outro lado também é verdade. 

São raras as pessoas que não percebem a decadência da sociedade em todo o mundo. Não se consegue mais oprimir um país com argumentos absurdos. Não se consegue mais oprimir um povo com argumentos absurdos.

O povo está nu, mas os reis também.

A mudança não é o resultado de ideologias ou programas.

A mudança é, antes de tudo, a percepção da realidade e a opção consciente em transformá-la.

Esse é o verdadeiro caminho da mudança!

E isto acontece em todos os níveis.

Pessoalmente, quando optamos por, mesmo cercados por agressões e mentiras, mantermos a honestidade, cuja base fundamental é a veracidade.

Comunitariamente, quando nos posicionamos e mostramos o que pensamos, aceitando com respeito e reverência as críticas e nos propondo a buscar a verdade.

Nacionalmente, quando não nos deixamos levar por paixões e entendemos que as nações são fundamentais para o desenvolvimento humano, mas não são o fim em si mesmo nem estão acima de outras nações. Ou seja, entendemos e defendemos a solidariedade entre os povos do mundo porque, afinal, "a terra é um só país e os seres humanos são seus cidadãos".

Mundialmente, quando colocamos a paz como valor fundamental e o diálogo entre as nações como o método para sua construção. Se o que vivemos é um problema mundial o remédio também deve ser.

Portanto, por mais que a fumaça da poluição deixe o dia cinzento, na verdade, retirado esse véu, existe o Sol.

E por mais que cubram a Terra para comodidade dos automóveis, esse Sol racha o asfalto.

Nesse vão e na atmosfera cinzenta, quase uma impossibilidade, brota uma flor!

Sempre há uma flor insistindo em nascer no asfalto ...



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"