15 novembro 2014

Visão do mundo



Maria Cristina Tanajura



Em tempos difíceis, tensos, cheios de notícias tristes, precisamos repensar o nosso mundo interior, para que ele conserve a imagem do mundo onde desejamos viver e assim possamos continuar agindo de acordo com a nossa consciência.


Cada um pode escolher enxergar o que lhe cerca com as lentes que quiser. Os otimistas acreditando que no futuro tudo será diferente, enquanto os mais pessimistas já não acreditando em momentos melhores à frente.

Vivemos num mundo muito particular, cercados de nossos pensamentos e de nossos sonhos. Embora o que está em torno nos afete, tudo passa pelo crivo de nosso conjunto de valores e crenças.

Percebo que podemos, em meio à confusão e incerteza, viver também na tranquilidade do nosso Ser, que sempre se alimenta de energias que não são do mundo da matéria, mas sim oriundas do Universo sutil e incomensurável do Espírito.


Se nos interiorizarmos nos encontraremos e lá, num instante, sentiremos uma calma e uma paz muito grandes e nos reabasteceremos de força para continuarmos atuando com integridade na superfície do planeta onde estamos encarnados.


É melhor sempre imaginarmos um mundo feliz, pacífico, ordeiro, alegre, amoroso, pois isto aumenta a nossa esperança e nos dá alento, além de ser uma prece poderosa que, como um raio de sol, afasta algumas das muitas nuvens que escurecem o céu neste momento.

Li no outro dia, que “O bem em nossa mente faz entrar o bem em nossa vida” (De Lucca). Concordo que esta é uma forma efetiva de lutar pelo que desejamos. Não podemos desanimar, ou já estaremos vencidos.

Somos peregrinos caminhantes no Tempo e cada um de nós tem seu papel único e importante a desempenhar. Acreditando nisso, façamos o nosso melhor, sempre certos de que um dia -- tomara que não demore tanto -- viveremos no mundo que sonhamos!

Os nossos sonhos são, na verdade, preces poderosas, pois plasmam imagens e partem de nossos corações. Tudo que já foi realizado, um dia foi sonhado por alguém. 

Nós, também, viveremos um dia num mundo mais verdadeiro, mais honesto, onde as pessoas se respeitem e se amem, reconhecendo no próximo alguém como elas mesmas e sabendo que a doença do outro de alguma forma as adoece também, pois somos todos um...


Se Gandhi não acreditasse na paz e numa vida mais justa para seu povo, não teria liderado um movimento tão bonito e sofrido tanto, ele mesmo, para alcançá-lo, chegando a dar a vida por seu sonho.

Jesus foi o grande Mestre do Amor e embora vivesse na matéria como nós, se abastecia de contatos com o mundo espiritual e até hoje espera que seu sonho de uma humanidade irmanada pelo amor se concretize.

Um dia chegaremos lá... mas enquanto caminhamos, por que não manter na mente, sempre, o mundo com o qual sonhamos? Um número grande de mentes sonhando este mesmo sonho terá uma força irresistível - que nada, nem ninguém, conseguirá destruir.

É preciso acreditar. Jamais desistir. Viver sem esperança não é viver, mas apenas existir. 

O momento certo pode não ter chegado, mas está a caminho...

Não podemos deixar de ansiar por uma vida melhor e precisamos buscar força no Amor que nos criou para seguir adiante, pois esta caminhada difícil e cheia de obstáculos é também uma grande escola para cada um de nós. 

Chegaremos onde sonhamos mais fortalecidos, mais amadurecidos, como verdadeiros vencedores, como felizes idealizadores de um mundo melhor para todos!

Postado no site Somos Todos Um



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...