23 novembro 2015

Atitudes para você se manter em crescimento




Stephanie Gomes

Não é à toa que há um “Cresça” em meio às quatro frases que definem os objetivos desse blog (“Aproveite a vida. Cresça. Sinta-se bem. Seja feliz”). Eu acredito que saber que estamos crescendo, nos desenvolvendo e nos tornando pessoas melhores é fundamental para a felicidade.

Uma das frases que minha mãe mais falava para mim era: “nunca pare de aprender”. Quando mais nova eu achava que isso queria dizer que eu devia ir bem na escola, depois fazer faculdade, aprender vários idiomas, entrar na pós-graduação, fazer mestrado, doutorado etc. Hoje eu entendo que é bem mais do que isso. “Nunca pare de aprender” significa “continue crescendo”. E esse se tornou um dos meus lemas de vida.

Dois anos atrás eu resolvi criar o Desassossegada para compartilhar coisas que eu estava aprendendo sobre felicidade, bem-estar e positividade. Tenho certeza de que, se não o tivesse criado, eu teria crescido muito menos até hoje. Aprendo muito refletindo, escrevendo, pesquisando e, principalmente, lendo as opiniões de outras pessoas sobre o que escrevo. E aprendi também que há inúmeras maneiras de me manter em crescimento e manter a minha vida sempre em frente.

Quero compartilhar com vocês algumas atitudes e ações que fazem com que eu siga crescendo e aprendendo a me tornar uma pessoa melhor e mais feliz:

1) Pergunte-se sempre: o que eu posso fazer para melhorar nisto?

Sempre me faço essa pergunta, tanto para o que já acho que estou fazendo bem como para aquilo que sei que ainda estou errando. Não fico neurótica atrás de respostas, se eu não souber de imediato, tudo bem. Mas gosto de manter esse pensamento para estar sempre em busca do melhor e para quando eu descobrir uma forma de melhorar, estar aberta à possibilidade.

2) Saiba que sempre há uma nova forma de enxergar aquilo que você já sabe

Esteja aberto a ouvir opiniões diferentes e contrárias à sua, mesmo que você saiba muito sobre um assunto e não queira mudar de opinião. Muitas vezes não existe certo e errado, e sim visões e experiências diferentes. E não é porque você vai conhecer uma opinião diferente da sua que seus valores vão mudar, mas é provável que você consiga tirar algo que te acrescente, que te faça refletir e que amplie sua visão sobre a sua própria opinião.

3) Leia, estude, se interesse, busque conhecer

É muito prazeroso descobrir um assunto interessante e mergulhar nele, conhecer histórias, descobrir coisas que você não sabia, refletir sobre aquilo, despertar novas visões e passar o que você aprendeu adiante. Além disso, adquirir conhecimento é a principal forma de aprender a respeitar você mesmo, os outros e o mundo. Imagine quanta negatividade, quantas brigas, quantos problemas e quantas guerras seriam evitadas se todos aprendêssemos a nos respeitar?

4) Dê muita importância ao autoconhecimento

Infelizmente, o autoconhecimento ainda não é um conhecimento visto como necessário por muitas escolas, empresas e famílias. Por isso, crescemos sem desenvolvê-lo e, quando descobrimos que ele existe, precisamos correr atrás do tempo desperdiçado. Autoconhecimento é uma coisa muito importante para o seu crescimento. Eu diria que ele é indispensável, que não é possível crescer sem estar, ao mesmo tempo, se conhecendo melhor. Sem ele, você pode até crescer, mas é provável que tenha dificuldades em encontrar a direção do seu crescimento.

5) Desafie-se

Desafios são uma das melhores formas de enfrentarmos medos, dificuldades e limitações. E ultrapassar essas barreiras é um crescimento e tanto! Desafiar-se também pode te ajudar a se conhecer melhor ou desenvolver uma habilidade. Como escolher um desafio? Pense em algo que você acha difícil ou que tem certeza que não conseguiria fazer. Levante e faça. Não importa se vai sair perfeito, apenas encare o desafio com a intenção de superar algo que você não quer mais para si. Só o fato de tentar já te torna maior do que aquilo que te causava medo.

6) Passe adiante o que você aprende

Encontre uma forma de passar para as outras pessoas as coisas boas que você aprende. Eu criei um blog para isso, mas você pode compartilhar no Facebook, criar uma campanha, mandar um email, contar a sua ideia para seus amigos, reunir um grupo de pessoas interessadas, pedir apoio a seus familiares… Além de espalhar algo bom, ensinar é uma das melhores formas de aprender. Se eu não tivesse criado o blog, talvez ainda teria aprendido uma coisa ou outra, mas a minha vontade de compartilhar o que aprendo é o que me mantém em busca de crescer cada vez mais.

7) Trabalhe suas habilidades

Talvez você já seja incrível em fazer uma coisa. Talvez não exista ninguém melhor do que você nisso. Ou seja, você não tem mais nada a aprender, certo? Erradíssimo. Primeiro porque, se você parar de treinar e se atualizar, vai acabar perdendo aquilo que sabe e ficando para trás daqueles que continuam fazendo. Segundo porque você não é perfeito. E isso é ótimo, porque é a prova de que sempre há algo para aprender, melhorar e testar. Mãos à obra!

8) Inclua coisas novas na sua vida

Não coloque limites em seus interesses, queira sempre descobrir e conhecer mais – inclusive coisas que você acha que jamais se interessaria. Experimente novos hobbies, cursos, livros, filmes, pessoas, lugares, habilidades… tudo é aprendizado!

9) Reflita

Eu já recebi várias mensagens de leitores do blog me perguntando como eu faço para “saber tudo isso”. A minha resposta é sempre a mesma: eu reflito muito sobre tudo. Nem sempre minhas reflexões levam a algo interessante, mas eu acho fundamental me manter pensando, observando e desenvolvendo a minha visão sobre diversos assuntos. Tento sempre olhar as coisas por ângulos diferentes, observar como me sinto e como as pessoas reagem, perceber as mudanças que acontecem em mim e na minha vida, ouvir o que as pessoas dizem… é isso o que me mantém criativa e inspirada. Por isso recomendo que você reflita muito sobre tudo aquilo que mexe com você e te desperta interesse.

10) Aprenda com os outros

Apesar de ser mais fácil aprendermos com as nossas experiências, podemos aprender muito com o conhecimento e as experiências dos outros. Abra-se mais para o que eles têm a dizer e descubra o que podem te ensinar. Acompanhe e escute pessoas que te inspiram, mas acompanhe e escute também pessoas que nunca te deram motivos para se tornarem uma grande inspiração – é bem provável que elas te surpreendam com coisas interessantes que você não sabe.

11) Aprenda a lidar

Pare de negar, brigar, fingir e tentar ser algo que você não é. Ao invés disso, aprenda a lidar com as coisas que te incomodam para que você possa usá-las a seu favor ou ao menos não deixar que te atrapalhem. Todos os dias eu procuro aprender a lidar um pouco melhor com a minha timidez e com o stress alheio, por exemplo. Em relação à timidez, descobri como usá-la de uma forma ainda melhor: aprendendo a lidar com ela para poder compartilhar minhas experiências aqui no blog.


Postado no Desassossegada


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...