06 outubro 2016

Salmão de viveiro da Noruega – Alimento mais tóxico do mundo


Resultado de imagem para Salmão de viveiro da Noruega – Alimento mais tóxico do mundo



"Uma ampla investigação a nível mundial mostra os segredos da indústria do peixe. Cientistas confirmam, por exemplo, que o salmão de viveiro é o alimento mais tóxico do mundo.

Na Noruega, Vietname ou Suécia, o peixe tornou-se uma indústria com enormes fábricas de alta tecnologia, onde são usadas toneladas de produtos químicos para alimentar milhões de peixes. Por exemplo, cerca de 50% do bacalhau nasce com deficiências genéticas." (artedeomissao.wordpress.com)


Postado em Docverdade em 05/10/2016



Algumas informações contidas no vídeo :


O salmão de cativeiro é um dos alimentos mais prejudiciais do mundo.


Uma fazenda de salmão pode conter 2 milhões de peixe num espaço relativamente pequeno, o que resulta em doenças e estresse nos animais.

Por isso, os criadores jogam pesticidas perigosos para evitar as pragas causadoras de doenças e não perder a mercadoria.

Uma pesquisa muito interessante foi realizada com ratos: os que consumiram salmão de cativeiro cresceram obesos, com grossas camadas de gordura em torno dos órgãos e desenvolveram diabetes.

Outro problema dos pesticidas utilizados é que eles afetam o DNA do peixe, causando mutações genéticas.

O documentário até apresenta alguns peixes deformados por este motivo, como o bacalhau.

Para você ter ideia, mais da metade dos bacalhaus de cativeiro sofre deformações.

E o perigo maior é que algumas fêmeas acabam escapando do viveiro e acasalam com machos selvagens, espalhando a mutação genética e deformada.

O salmão apresenta mutações menos visíveis, mas muito preocupantes também.

Como o Mar Báltico é muito poluído, as chances de consumir um peixe contaminado é maior.



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"