04 maio 2018

Futuro próximo. Como será nossa vida dentro de vinte anos



Revista Oásis - Edição #372



Equipe Oásis


Na Itália, curiosos para saber como será nossa existência no futuro próximo, os jornalistas Francesco de Filippo e Maria Frega entrevistaram vários cientistas. As respostas foram reunidas em um livro intitulado “Próximos Humanos” (Prossimi umani), cheio de sugestões que vão da astrofísica à genética, da robótica à demografia. Aqui estão algumas visões futurísticas que a obra nossa descortina para o futuro próximo:




1. Robôs domésticos  “Dentro de vinte anos seremos auxiliados em todos os momentos de nossa vida por robôs domésticos. Teremos também “autômatos de alta potência” destinados a trabalhos pesados ou perigosos. Entre essas máquinas e nós mesmos, estarão funcionando os exoesqueletos: partes de humanoides interconectadas ao corpo humano. No meio tempo, enquanto esperamos os robôs antropomórficos, usaremos uma série de outras máquinas, sensores, equipamentos da Internet das coisas, etc. São palavras de Roberto Cingolani, físico, que desde 2005 dirige o Instituto Italiano de Tecnologia de Gênova. Os inventos mais importantes acontecerão sobretudo em ambientes como a saúde e a medicina de reabilitação: Se a mão mecânica batizada de Softhand já é uma realidade, logo o serão também as pernas bem como sofisticados exoesqueletos para recuperar a mobilidade.




2. O Dna dos superatletas  “Nos últimos três anos – explica Mauro Giacca, diretor geral do Centro Internacional de Engenharia Genética e Biotecnologias – foram desenvolvidas tecnologias que possibilitam não apenas acrescentarmos pedaços de Dna aos genoma, mas também de modificar diretamente a sua sequência. Se possuo um determinado gene “de que não gosto” e desejo modifica-lo, posso fazê-lo. Posso substituir exatamente aquele gene”. E se essas são as possibilidades da genética a curto prazo, o que mais teremos em 2010? “Talvez inclusive projetar em laboratório algumas características das crianças”, completa o cientista”.




3. Novos materiais  Se o futuro terá um material da sua predileção, ele certamente será o grafene: “Trata-se do material que acarretará a mais importante revolução tecnológica dos próximos vinte anos, porque ele mudará toda a nossa vida quotidiana”, explica Valério Rossi Albertini, físico nuclear e primeiro pesquisador do Conselho Nacional de Pesquisas. O grafene é o que existe de mais sutil, composto por uma única camada de átomos coligados entre si como os nós de uma rede de pesca. Tais características o tornam extremamente leve e dobrável, porém esse material é ao mesmo tempo mais tenaz do que o aço.




4. Tecidos com superpoderes  Aprenderemos a imitar capacidades de animais como a lagartixa. O geokotape, por exemplo, é uma fita inspirada nas incríveis capacidades adesivas de suas patas. Nos Estados Unidos, onde ela foi patenteada, “foi criada uma roupa feita de geokotape, destinada às forças militares. Essa roupa permite a quem a usa subir pelas paredes verticais de arranha-céus”, explica Rossi Albertini, pesquisador do Conselho Nacional de Pesquisas.




5. Entre o real e o virtual  Para o neurocientista Piergiorgio Strata, ex-presidente do Instituto Nacional de Neurociência e atual diretor científico do European Brain Research Institute Rita Levi Montalcini, “a vida virtual se reforça em detrimento da vida real,. Assim sendo, poderemos esperar que no futuro próximo aconteça um afastamento comunicativo de tipo vertical entre as gerações, e também se tornará mais aguda a sepação entre indivíduos de uma mesma geração”. A solidão social se tornará um fenômeno cada vez mais importante, e deverá ser monitorado pelas autoridades.




6.  Um mundo superpovoado  Dentro de vinte anos a população do planeta será de cerca 8,5 bilhões de habitantes. A partir daí começará o decrescimento, segundo o demógrafo italiano Giuseppe Roma, secretário geral da Associação para as Cidades Italianas RUR. Na Itália, ao redor do ano 2030, a população terá aumentado de cerca 3 milhões de indivíduos, com um consequente grave desequilíbrio. Com efeito, estima-se que existirão cerca de 4 milhões de idosos a mais, e um milhão de jovens a menos.




7.  Uma esperança para a AIDS na África  O geneticista Edoardo Boncinelli é otimista: a tragédia da AIDS poderia chegar ao fim. “O poder que a AIDS possui na África é, sim, devido ao vírus, mas também ao fato de que a doença atinge pessoas que já se encontram gravemente carentes. Mas esse problema poderá ser resolvido dentro em breve com o desenvolvimento de adequadas políticas públicas para a saúde e o uso de novos medicamentos”.




8. A hora e a vez dos OGM (organismos geneticamente modificados)  O mesmo Edoardo Boncinelli, geneticista, prevê a chegada de uma nova geração9 de plantas OGM: “Essas plantas são o futuro, particularmente agora que temos uma nova tecnologia que permite a obtenção de plantas com o genoma modificado para um preciso objetivo, produtivo, econômico, ou econômico ou nutritivo. Para esse cientista, estão equivocados os vários países que disseram não aos OGM.




9. Colonização de Marte? Ainda é cedo. É realmente tão importante e iminente o desembarque de humanos na superfície do Planeta Vermelho? Para Umberto Guidoni, primeiro astronauta europeu a participar de uma missão na Estação Espacial Internacional, “Marte é mesmo a próxima fronteira na exploração do espaço, mas ainda não é possível se prever em que data isso ocorrerá”.




10. No encalço dos asteroides  Roberto Battiston, presidente da Agência Espacial Italiana, não há dúvidas: a próxima fronteira da exploração do espaço exterior são os asteroides. “A Nasa – ele explica – já discute e estuda quais são as técnicas que devem ser implementadas para que possamos coletar pedaços de asteroides ou inclusive agarrar um asteroides inteiro, colocá-lo em órbita ao redor da Lua e em seguida criar nele uma pequena base para perdurações”. Para Battiston o futuro próximo da exploração espacial será caracterizado sobretudo pela “coleta de informações”, experimentando-se em órbita novas tecnologias que nos permitirão de habitar com comodidade esses corpos celestes.





Postado em Brasil 247 em 03/05/2018



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...