04 outubro 2012

Cora Coralina







Não sei...
se a vida é curta ou longa para nós,mas sei que nada
do que vivemos tem sentido,senão tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,braço que envolve,palavra que conforta,
silêncio que respeita,alegria que contagia,lágrima que corre,
olhos que acaricia,desejo que sacia,amor que promove.
E isso não é coisa do outro mundo,é o que dá sentidos á vida.. É o que faz com que ela não seja nem curta,nem longa demais,mas que seja intensa,verdadeira,enquanto durar.
Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.



Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende. Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir.

Se temos de esperar,
que seja para colher a semente boa
que lançamos hoje no solo da vida.
Se for para semear,
então que seja para produzir
milhões de sorrisos,
de solidariedade e amizade.



Se a gente cresce com os golpes duros da vida, também podemos crescer com os toques suaves na alma.


Desistir... eu já pensei seriamente nisso, mas nunca me levei realmente a sério; é que tem mais chão nos meus olhos do que o cansaço nas minhas pernas, mais esperança nos meus passos, do que tristeza nos meus ombros, mais estrada no meu coração do que medo na minha cabeça.


Poeminha Amoroso
Este é um poema de amor
tão meigo, tão terno, tão teu...
É uma oferenda aos teus momentos
de luta e de brisa e de céu...
E eu, quero te servir a poesia
numa concha azul do mar
ou numa cesta de flores do campo.
Talvez tu possas entender o meu amor.
Mas se isso não acontecer, não importa.
Já está declarado e estampado
nas linhas e entrelinhas deste pequeno poema,
o verso; o tão famoso e inesperado verso
que te deixará pasmo, surpreso, perplexo...
eu te amo, perdoa-me, eu te amo... 



                                  

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"