25 março 2013

Diálogo sobre a censura em blogs




Juremir Machado da Silva

– Tem censura no teu blog?

– Tem moderação.

– Moderação, não. Tem censura.

– Prova.

– Toda vez que eu tento te chamar, no teu blog, de corno, imbecil, obtuso, idiota, burro ou algo semelhante, coisas assim, não sou publicado.

– Por que tu não me chamas de tudo isso no teu blog?

– Aí não tem graça.

– Ninguém te impediria. Não haveria qualquer “censura”.

– Ah, mas eu quero te esculhambar no teu blog.

– Posso fazer o mesmo contigo no teu blog?

– Ninguém lê o meu blog.

– Tu publicarias todo dia uma mala que escrevesse sempre o mesmo insulto profundamente ideológico e no post seguinte se queixasse de censura?

– Está falando de mim?

– Serviu o chapéu?

– Não é só quem insulta que não sai. Tem outros também.

– Tem. Mala não entra.

– Quem é mala? É um conceito muito vago.

– Não acho. Sou capaz de localizar um mala a três quilômetros de distância. Mala com alça, sai de vez em quando. Mala com rodinhas, dependendo do que diz, pode ter algumas oportunidades. Mala sem alça e sem rodinhas não sai nunca. Mala é mala. Qualquer um sabe que uma mala é uma mala.

– Poderia conceituar?

– Mala repete post.

– Só isso?

– Mala tem pensamentos mesquinhos.

– Nada mais?

– Todo mala é um ideológico que se acha não ideológico. Tem mala que não insulta. Tenta fazer intrigas. Gosta de semear a maldade. Mala ruim.

– Algo mais?

– Mala nunca desiste.

– É uma ofensa ser mala?

– É pior do que homofobia e racismo. Ou é uma espécie disso. Todo mala deve ser cortado em benefício da saúde mental da humanidade.

– E se te chamarem de mala?

– Eu sou mala. De alguém. Cabe a esse alguém me cortar. Mala é sempre dos outros. Ninguém se acha mala. Ninguém é mala de si. A principal característica do mala é querer esculhambar os outros no seu terreno e chamar isso de liberdade de expressão. O mala não acredita nos seus meios.

– Não sente culpa de censurar?

– Censurar mala é obrigação de todo espírito livre.


Postado no blog Juremir Machado da Silva em 24/03/2013


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"