20 maio 2013

Refletindo : Martha Medeiros





Não deite com mágoas no coração. Não durma sem ao menos fazer uma pessoa feliz. E comece com você mesmo!

Vamos deixar para sofrer pelo que é realmente trágico, e não por aquilo que é apenas um incômodo, senão fica impraticável atravessar os dias.

Crescer custa, demora, esfola, mas compensa. É uma vitória secreta, sem testemunhas. O adversário somos nós mesmos.

Felicidade é a combinação de sorte com escolhas bem feitas.

Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande, é a sua sensibilidade sem tamanho.

Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música e quem não acha graça de si mesmo.

Simpatizo cada vez mais com quem nos ajuda a remover obstáculos mentais e emocionais, e a viver de forma mais íntegra, simples e sincera." 

Meu mundo se resume a palavras que me perfuram, a canções que me comovem, a paixões que já nem lembro, a perguntas sem respostas, a respostas que não me servem, à constante perseguição do que ainda não sei. 

Entre sobreviver e viver há um precipício e poucos, encaram o salto.

Deixe de colocar sua felicidade na mão dos outros. Comece um caso de amor consigo mesmo. 

Não são as coisas que possuímos ou compramos que representam riqueza, plenitude e felicidade. São os momentos especiais que não tem preço, as pessoas que estão próximas da gente e que nos amam, a saúde, os amigos que escolhemos, a nossa paz de espírito. Felicidade não é o destino e sim a viagem.

Conheça um pouco de Martha Medeiros :







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...