26 novembro 2013

Nós e a natureza


Nós e a Natureza

Maria Cristina Tanajura


Quando temos a chance de passar um tempo em contato com a Natureza é que nos certificamos do quanto Deus se expressa através dela!

É algo mágico, se estivermos o mais presentes possível naqueles momentos. Um luar brilhante e sereno, o canto dos pássaros - suave e delicado - o perfume dos lírios e dos jasmins, da grama recém-cortada... A pujança das ondas se quebrando nas praias, o cheiro gostoso da maresia... Enfim, o céu que nos cerca por todos os lados - pois flutuamos no espaço infinito... tudo tão perfeitamente amoroso e belo.

Precisamos muito mais da Natureza do que nossa pouca compreensão nos diz. Quem pode viver sem o sol, sem o ar, sem a terra que tudo nos dá?

Como uma semente pode germinar? Tão pequenina e tão cheia de vida? Como se chama a força que permite este milagre?

O ar que nos alimenta de nutrientes indispensáveis à nossa sobrevivência neste plano material - quem o controla? Quem o criou?

Há fenômeno mais bonito e misterioso do que o desabrochar de uma flor? Linda, especial, única e que se entrega inteira à Vida, por um tempo - o que lhe cabe - desempenhando a função para a qual foi criada.

Quem movimenta as marés, que vêm e vão, num ritmo cadente e ininterrupto? Levando para onde, tanta sujeira que lá despejamos e de uma forma milagrosa tratando este lixo todo? 

Mar Sagrado, segundo os irmãos maiores da espiritualidade - que ainda não conhecemos e de que não cuidamos adequadamente.

O desenvolvimento de um ser, no ventre de sua mãe! Existe maior milagre? De onde vem a sementinha que o gerou? 

Chega trazendo características genéticas familiares, mas um espírito único, distinto, muitas vezes mais esclarecido do que o dos pais que se propuseram a recebê-lo neste planeta.

O clima, a mudança das estações, as estrelas cadentes, os meteoros que se deslocam no espaço! Quanta vida em torno de todos nós e em nós! 

Será que tudo isto não nos reporta ao Amor que nos criou? 

Basta sentir, por detrás do que se vê, a essência de tudo... presente, verdadeira.

Esta é a realidade que nos envolve: Amor puro. Ele fica mais presente quando decidimos prestar atenção às coisas simples desta vida. 

Ao nascer e ao pôr do Sol, cada dia de uma forma. Ao colorido perfumado das flores, à inspiração que nos permite alimentar todo o nosso corpo, aos sonhos que nos falam de outras dimensões de realidade. À incrível sensibilidade dos animais, ditos irracionais. À precocidade das crianças que nos ensinam, sem saber, coisas de que não tínhamos conhecimento. 

A vida não se resume apenas no aspecto material e quando temos esta crença ficamos muito infelizes.

Ela se amplia até o infinito, se nos permitirmos sentir, ao invés de teimarmos em tudo explicar com a mente racional. 

A razão construiu muito do mundo de avanço tecnológico que vivenciamos, mas é preciso que o coração nos permita significar cada acontecimento, cada suspiro, cada olhar, cada pulsação, cada atitude, ou viveremos de forma muito restrita, muito pobre, ressequidos, desnutridos - mesmo que estejamos obesos.

Viver é amar! Somos Amor e precisamos expressar a nossa essência da forma mais verdadeira possível, para que justifiquemos esta nossa encarnação, num momento planetário de tanta importância.

Olhemos além, através e não apenas para... Sintamos o que dizem os olhos, muito mais do que as palavras. Lembremos constantemente de que somos amados todo o tempo, por tudo à nossa volta. 

Não há solidão para o ser planetário consciente de que é parte de um Todo, intrinsecamente. 

Queiramos ou não, esta é a nossa natureza, somos esses seres imortais intergalácticos, vivendo uma experiência muito curta na Terra, diante da eternidade que nos espera.

Se ampliamos nosso horizonte, nossas fronteiras, deixamos de nos entristecer tanto com os desequilíbrios de tantos irmãos que ainda estão dormindo e agem como sonâmbulos, hipnotizados pela ilusão de um prazer material que se mostra logo tão efêmero e sem valor.

Tudo isto não é sonho, é a realidade. Se não acreditamos nela, continua a ser a realidade. 

Vamos tentar sonhar mais, sonhar acordados? Vamos espalhar alegria e esperança por onde estivermos? 

Vamos amar mais e sempre? Certamente nos sentiremos muito mais felizes!

Postado no site Somos Todos Um 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...