20 dezembro 2013

Eu vejo flores




Agora é com você, a bola está nas suas mãos,
como um artilheiro no momento do gol.
Como aquele que tem a responsabilidade de bater o pênalti,
a vida te cobra uma decisão:
ou você segue e pelo menos tenta fazer o gol,
ou pede para sair do time e vai para casa chorar.

Não adianta insistir em uma situação que não muda,
não adianta brigar com quem não quer sequer te ouvir.
De promessas de mudanças o céu está cheio,
mas a vida cobra atitude e não apenas desejos.

A fila andou e chegou a sua vez,
e o que você vai fazer?
Vai continuar no banco de reservas?
Vai continuar achando que o outro é melhor?
Vai continuar vivendo das migalhas que sobram?
Vai levar o resto de você para a reunião?

Agora é com você, não existe dia melhor para mudar.
Se é para largar um vício, que seja agora;
Se é para esquecer o passado que seja agora;
Se é para recomeçar, que o primeiro passo seja dado agora,
depende apenas desse instante, da sua decisão:
seguir adiante e ver o que tem depois da curva,
ou ficar sentado à beira do caminho,
de mãos estendidas, com o pedinte que aceita qualquer coisa.
Já que você não é qualquer coisa,
não deve aceitar qualquer coisa.

Agora é com você, e eu sinto que pode ser agora,
o dia "D", o dia da mudança, entre lágrimas e dores,
que você possa juntar tudo: esperança e desejos,
e transformar num buquet de flores.
Flores de um novo amanhecer,
de um novo ser,
de um novo você!



Paulo Roberto Gaefke




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...