15 outubro 2014

Os melhores alimentos e exercícios para fortalecer a sua imunidade





Adriana Helena

Oi, está tudo bem com você? Parece que não, pois não acordou bem nesta manhã, está com a cabeça dolorida e sem ânimo para enfrentar o dia. Os dias secos e calorentos incomodam...E para piorar, um resfriado está querendo te derrubar e isso o deixa abatido e sem forças para realizar todas as tarefas do seu cotidiano. 

Então, o melhor a fazer é prevenir e se adaptar ao meio em que vive, seja consumindo alimentos que aumentam a sua imunidade e também realizando determinadas atividades físicas, que o manterão mais resistente. Eu estou sempre prestando atenção quanto a isso, pois o nosso corpo é resultado do nosso aprendizado em cuidar dele.

A saúde do organismo está diretamente relacionada à imunidade e à capacidade do corpo de responder às interferências do meio, sem para isso sofrer desconfortos. “A imunidade é a capacidade do corpo de se autogerir”, afirma Maurício Calil, formado em Educação Física e Professor de Yoga há quase uma década.

Segundo o profissional, alguns hábitos e atitudes são essenciais para a saúde e podem ajudar o corpo nesta conquista e entre os mais poderosos está a prática regular de exercícios físicos.

A todo o momento exigimos algo do corpo, desde movimentos simples a tarefas complexas e, realizá-las, muitas vezes, exige superação, o que pode ser uma fonte de estresse, tanto quanto as doenças. 

“O estresse pode ser positivo ou negativo. Praticar exercícios físicos que promovam o bem estar é a melhor forma de gerar vitalidade e consequentemente uma imunidade forte e eficiente que nos capacite a lidar com situações difíceis”, explica o instrutor de Yoga.

Saiba que para isso, primeiro, você precisa iniciar o consumo de alimentos que aumentarão a sua imunidade!

Veja quais alimentos devem entrar no seu cardápio diário

A dieta alimentar deve priorizar nutrientes e vitaminas que aumentam a imunidade e ajudam a prevenir doenças comuns que proliferam em todas as estações.


“Uma dieta balanceada deve ser repleta de cereais integrais, verduras, legumes e frutas, opções que fornecem nutrientes e fitoquímicos. Eles fortalecem a defesa do organismo, além de ajudar a manter a forma”, afirma Flávia Morais, coordenadora da área de nutrição da rede Mundo Verde. 

São eles:



Acerola


Fruta rica em vitamina C de ação antioxidante, que estimula a resistência e aumenta a atividade imunológica do corpo. A vitamina C age na reconstituição dos leucócitos em períodos de queda de resistência. A acerola pode ser consumida in natura, na forma de sucos ou em cápsulas.

Alho


Fonte de aliina e alicina (potentes antioxidantes), estimula a resposta imunológica, prevenindo as gripes comuns no inverno e em todas as demais estações do ano. Também atua no combate a infecções e inflamações. Use amassado no feijão, sopas, em temperos de saladas ou, se preferir, cápsulas de óleo de alho.

Chás verde e branco


São ricos em catequina e epicatequina, poderosos antioxidantes que atuam no combate aos radicais livres e no fortalecimento do sistema imunológico. Podem ser consumidos na forma de chás ou cápsulas.

Cogumelo Shitake


Possui lentinan, uma substância que aumenta a produção das células de defesa do organismo. Pode ser acrescentado ao arroz integral, molhos para massas e saladas.

Geleia Real


Estimula o sistema imunológico e combate as infecções de vírus e bactérias. Encontrada in natura e em cápsulas.

Gengibre


É imunoestimulante, possui ação expectorante e reduz dores e inflamações. Pode ser consumido na forma de chá (feito a partir de sua raiz) ou adicionado a sucos e receitas diversas.

Mel


Tem ação bactericida e antisséptica. Auxilia no tratamento de problemas pulmonares e da garganta por conter substâncias que agem como antibióticos naturais. Não deve ser fervido para que não perca suas propriedades. Pode ser ingerido puro ou misturado em sucos, vitaminas e frutas.

Óleo de coco


Rico em ácidos láurico e caprílico, o óleo de coco possui atividade antiviral e antibacteriana. Diversos estudos mostram seu efeito imunomodulador. Use em sucos, shakes, vitaminas ou como substituto da manteiga em pães.

Probióticos


Possuem microorganismos vivos, que recuperam a microbiota intestinal e fortalecem o sistema imunológico. Encontrados em pó ou cápsulas.

Suco verde


Fonte de zinco, ferro e vitamina C, pode ser feito com polpa de clorofila ou com folhas de couve.

Própolis


Fonte de flavonoides, que auxiliam no combate às doenças que atacam o homem, atua como antibiótico natural. Eficaz em casos de inflamação e infecção na garganta, além de ajudar no combate a tosses.

Pólen


É rico em proteínas, vitaminas e minerais que ajudam na formação de anticorpos, fortalecendo o sistema imunológico. Versátil, pode ser consumido puro ou adicionado em diversos alimentos, como sucos, iogurtes, vitaminas, frutas, saladas e no preparo de pães, bolos e cookies.

Agora que você já conhece as melhores opções para turbinar o seu organismo, vamos aos exercícios!

Por que se exercitar faz bem?

Fisiologicamente, a liberação da serotonina cumpre um papel fundamental na construção de um indivíduo forte e saudável. 

Mas os profissionais advertem que não somos máquinas e essa substância não trabalha de forma isolada. Por isso, na hora de apostar em iniciativas que promovem a imunidade, é crucial buscar alternativas que sejam interessantes e proporcionem prazer.


“O equilíbrio é a chave para uma vida plena”, afirma Calil. E complementa: “A busca por uma boa imunidade precisa estar atrelada a hábitos que promovam a qualidade de vida em geral. Isso nunca deve ser mais um fator de estresse, algo que precise ser cumprido ou alcançado a qualquer custo”.

Segundo o professor de Yoga, o primeiro passo para quem quer fortalecer o sistema imunológico é identificar pontos fracos da sua saúde e buscar atividades que fortaleçam exatamente estes pontos.

“Se você a vida toda sofre com crises de bronquite, pode ser interessante buscar atividades que trabalham o sistema cardiorrespiratório, como a corrida”, exemplifica o profissional.


Além de levar em conta seu histórico de saúde e preferências pessoais, algumas atividades são bastante recomendadas porque ajudam a promover o equilíbrio e o bem-estar. 

Atividades ao ar livre como trilhas, caminhadas e corridas orientadas na mata, são excelentes porque exigem uma interação com a natureza.


Conheça os melhores exercícios para promover o seu bem-estar e aumentar a sua imunidade:


Caminhada

O exercício mais fácil de ser realizado: a caminhada. Você pode se exercitar nas ciclovias, calçadas e calçadões das praias e das lagoas. Em algumas praias, nos finais de semana, as pistas onde em dias de semana passam carros, motos e ônibus transformam-se em um caminho livre para os pedestres. Essa é uma excelente opção para você caminhar sozinho, levar o cachorro para passear ou levar as crianças. O importante é mudar a rotina da esteira na academia para a caminhada ao ar livre. E de quebra, aumentará sua imunidade.


Corrida

Outra maneira óbvia de aproveitar um clima agradável é correr ao ar livre. Nem todo mundo consegue correr longas distâncias, mas tente incorporar um ritmo mais acelerado nas suas caminhadas. Correr regularmente ajuda a perder peso, a combater os sintomas do envelhecimento e, de fato, queima mais calorias por minuto que outros tipos de exercício.



Stand up, canoagem, remo, windsurfe e hidroginástica

Melhora considerável da postura, melhor condicionamento físico e fortalecimento do chamados músculos internos, músculos que normalmente só se trabalham com exercícios específicos. Os exercícios na água podem ter efeito terapêutico, porque aliam os benefícios do movimento às qualidades de um contexto muito agradável.


“A água é um meio muito favorável porque nos ajuda a lidar com o impacto da realidade e nos ensina a sermos flexíveis e abertos”, explica o professor. 


Yoga, meditação e tai chi

De forma geral, todas as posturas aumentam o alongamento da musculatura e realizam massagens internas, que colaboram com os órgãos vitais. Estas também são atividades muito recomendados para fortalecer a imunidade, pois exercitam e promovem o equilíbrio.

“Não importa qual a prática, importa que seja regular, que faça parte de um conjunto de hábitos saudáveis, que seja fonte de prazer e que venha somar na construção do indivíduo. O relaxamento que o prazer e substâncias como a serotonina causam é o melhor caminho para vivermos em equilíbrio e a partir do nosso centro, exatamente onde reside toda força e toda saúde que imunizam nosso organismo”, conclui Calil.


Esportes coletivos

Também são bastante indicados, porque exige estratégia, superação pessoal e trabalho em equipe. Que tal ter sua própria equipe de amigos para se encontrar para aquela partida amistosa de futebol no fim de semana? Ou quem sabe uma partida de basquete na pracinha da sua rua? O voleibol também é muito envolvente e trabalha de maneira positiva a sua imunidade.


Mas sempre, acima de tudo, a dica é buscar atividades que proporcionem prazer. 

“O interesse em descobrir a atividade, em aprofundar o olhar sobre o que se está realizando e a vontade de mergulhar na experiência são ingredientes fundamentais para a geração do estresse positivo e, consequentemente, na construção de um organismo com boa imunidade”, garante Calil.


Pois então amigos, com essas dicas de alimentos, conjugados com os exercícios que mais gostam, vocês não vão pegar gripe nunca mais... rsrsrs.  Sério mesmo! 

Ah, tem dicas ótimas no vídeo abaixo, vale a pena você ver!




Postado no blog Vivendo a Vida Bem Feliz em 13/10/2014

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"